AlmArdente

De tudo se fala do que possa habitar uma qualquer alma humana. Os amores e desamores, as artes e os vícios, os prazeres e as dores. Intensas banalidades, para miúdos e graúdos.

segunda-feira, setembro 03, 2007


Dobrado o cabo, o infinito! ...

1 Comments:

  • At 8:17 da tarde, Anonymous Jo said…

    Bem..quase que me imagino em andamento e dobrar o dito cabo. A fotografia é linda

     

Enviar um comentário

<< Home