AlmArdente

De tudo se fala do que possa habitar uma qualquer alma humana. Os amores e desamores, as artes e os vícios, os prazeres e as dores. Intensas banalidades, para miúdos e graúdos.

sexta-feira, novembro 09, 2007


Ligar a máquina e esperar que aqueça.
Escolher a cápsula do café preferido.
Encher.
Saborear.

Repetir, porque um só café é muito pouco...

Estas maquinetas NESPRESSO são uma verdadeira delícia. Começou por ser uma coisa quase elitista, exclusiva, mas cedo se tornou uma moda que junta cada vez mais adeptos.
É verdade que o "beber o café" é por si só um acto social, que nos leva a saír de casa para ir ter com alguém. Mas no que toca a sabor, textura, prazer no consumo, o melhor mesmo é ter uma máquina destas sempre à mão.

2 Comments:

  • At 8:15 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Então, tirando os prazeres do consumo, a pinga e o deporto de full-contact ainda tenho esperança de ouvir falar de um livro ou qqr coisa assim...Isto anda muito parado!!... as almardentes no inverno ibernam? :)

     
  • At 8:20 da tarde, Blogger MêCê said…

    Tudo a seu tempo...
    O Diab'Alma entrou num período de recolhimento. Será breve.

     

Enviar um comentário

<< Home